onlywhatsapps.com

NÃO CONSEGUE ENCONTRAR O ARTIGO QUE PROCURA?

Use nosso mecanismo de busca e encontre tudo que você precisa

Como verificar o WhatsApp de outra pessoa

Quem sou
Pau Monfort
@paumonfort
REFERÊNCIAS EXTERNAS:
FONTES CONSULTADAS:
Avaliação do artigo:

Aplicativos espi√Ķes

Vamos come√ßar com o tema candente relacionado a aplicativos espi√Ķes. Como tamb√©m destacado em artigos anteriores, por exemplo, aqueles sobre aplicativos de espionagem em celulares e t√©cnicas de espionagem em smartphones Android, existem aplicativos que permitem monitorar e at√© controlar smartphones remotamente.

Isso significa que sim, potencialmente algu√©m poderia espionar suas atividades remotamente, ‚Äúcapturar‚ÄĚ tudo que voc√™ v√™ na tela, tudo que voc√™ digita no teclado do telefone e at√© mesmo controlar o dispositivo remotamente. Mas, felizmente, na grande maioria dos casos, o acesso f√≠sico ao smartphone √© necess√°rio para fazer tudo isso.



Em outras palavras, se você impedir que bandidos coloquem as mãos em seu telefone (ou pelo menos de ter acesso gratuito ao sistema operacional do dispositivo), você pode minimizar o risco de ser espionado por um desses aplicativos. Claro? Portanto, aqui estão algumas dicas sobre como evitar esse problema.

  • N√£o empreste seu smartphone para pessoas em quem voc√™ n√£o confia e n√£o deixe o dispositivo sem vigil√Ęncia por muito tempo. Eu sei, s√£o dicas de uma banalidade desconcertante, mas muitas vezes √© a falta de aten√ß√£o aos detalhes que prega pe√ßas!
  • Impedir que qualquer pessoa tenha acesso gratuito ao seu smartphone definindo um PIN seguro para a tela de bloqueio. Pra cima Android basta ir ao menu Configura√ß√Ķes> Seguran√ßa> Bloqueio de tela e selecione o item PIN na tela que se abre. Pra cima iPhone voc√™ tem que ir ao menu Configura√ß√Ķes> Touch ID e senha (o ID facial e c√≥digo) e selecione o item Mudar o c√≥digo. Se o seu dispositivo for compat√≠vel com o desbloqueio por impress√£o digital e / ou reconhecimento facial, use-o, pois √© um m√©todo ainda mais seguro.

Outro conselho que gostaria de dar a voc√™ √© ir ao painel de gerenciamento de aplicativos (Configura√ß√Ķes> Aplicativos> Todos su Android e Ajustes> Geral> iPhone Free Space su iPhone) e verifique se h√° algum nome "suspeito", ou seja, algum aplicativo com nome desconhecido que pode estar ocultando um aplicativo espi√£o.



Infelizmente, deve ser dito que muitos dos aplicativos de monitoramento de smartphones s√£o capazes de se esconder dos menus do sistema, ent√£o voc√™ pode n√£o estar ciente de sua presen√ßa. Nessas situa√ß√Ķes, se voc√™ suspeita que algu√©m est√° monitorando suas atividades, mas n√£o v√™ aplicativos ‚Äúsuspeitos‚ÄĚ nos menus do celular, basta formatar o dispositivo e excluir todos os dados de sua mem√≥ria. Descubra como fazer isso em meus tutoriais sobre como redefinir o Android e como redefinir o iPhone.

Roubo de identidade

Il roubo de identidade é uma das técnicas mais utilizadas para verifique o WhatsApp de outra pessoa. Consiste em enganar os sistemas de segurança do aplicativo fingindo ser outra pessoa e, assim, acessar suas conversas. Existem várias maneiras de acertar esse tipo de "golpe". Entre os métodos mais comuns está o uso de WhatsApp Web / Desktop, a versão do WhatsApp para computador que permite a troca de mensagens do navegador ou do cliente oficial do serviço, e o Clonagem de endereço MAC. Vamos dar uma olhada em ambos.

WhatsApp Web / Desktop

Como tamb√©m expliquei para voc√™s em meu tutorial sobre como usar o WhatsApp em um PC, o WhatsApp Web funciona usando o smartphone como uma "ponte". √Č uma interface simples para o aplicativo instalado no telefone, que n√£o funciona se o aparelho n√£o estiver ligado e conectado √† Internet, mas ... tem um mas.

O WhatsApp Web funciona mesmo quando o telefone n√£o est√° conectado √† mesma rede sem fio do PC, ou seja, mesmo que esteja longe do computador e conectado √† Internet atrav√©s da rede de dados 3G ou 4G LTE. Outro aspecto potencialmente ‚Äúcr√≠tico‚ÄĚ diz respeito ao fato de que para acessar o servi√ßo basta escanear o c√≥digo QR exibido no navegador uma vez com a c√Ęmera do celular: marcando a op√ß√£o Fique ligado, os acessos subsequentes ocorrem de forma totalmente autom√°tica.



Esses dois fatores podem permitir que um invasor roube seu smartphone, faça login no WhatsApp Web e obtenha acesso à sua conta a partir do seu computador (ou tablet, usando o modo de exibição da área de trabalho do WhatsApp Web). Tudo em segundos!

Para evitar esse tipo de amea√ßa, coloque em pr√°tica as dicas que dei a voc√™ antes (ou seja, n√£o empreste seu telefone para estranhos e use um PIN de desbloqueio seguro) e de vez em quando d√™ uma olhada nas sess√Ķes ativas do WhatsApp na Web em sua conta. Al√©m disso, lembre-se de ativar um sistema de desbloqueio no seu dispositivo por meio de um m√©todo de autentica√ß√£o biom√©trica (por exemplo ID do rosto/toc√°-ID no iOS): desta forma, voc√™ evitar√° qualquer acesso n√£o autorizado, pois tamb√©m ser√° necess√°rio, para fins de confirma√ß√£o, conectar-se a WhatsApp Web / Desktop.

Para verificar as sess√Ķes da Web do WhatsApp ativas em sua conta, abra o aplicativo e selecione o item WhatsApp web do menu (...) (ou do cart√£o Configura√ß√Ķes, se voc√™ estiver usando iOS). Se voc√™ detectar qualquer atividade "suspeita", pressione o bot√£o Saia de todos os computadores e todos os PCs conectados √† sua conta do WhatsApp perder√£o o acesso automaticamente.

Al√©m disso, fique atento √†s notifica√ß√Ķes que chegam no seu smartphone: nas vers√Ķes mais recentes, na verdade, o WhatsApp notifica automaticamente o usu√°rio quando um novo acesso √© feito ao WhatsApp Web ou ao WhatsApp Desktop.

Clone o endereço MAC

Outra t√©cnica pela qual os cibercriminosos podem perpetrar o roubo de identidade √© clonando o endere√ßo MAC do telefone da v√≠tima. Se voc√™ n√£o sabe, o endere√ßo MAC √© um c√≥digo de 12 d√≠gitos que identifica de forma √ļnica todos os aparelhos capazes de se conectar √† Internet e o WhatsApp o utiliza, junto com o n√ļmero do telefone, para identificar seus usu√°rios.



Se um invasor consegue descobrir o endere√ßo MAC do seu smartphone (informa√ß√Ķes facilmente encontradas no menu Configura√ß√Ķes> Informa√ß√Ķes) e disfar√ßar o de seu telefone para que tenha a mesma apar√™ncia (h√° aplicativos como Fantasma do endere√ßo MAC su Android e SpoofMAC su iPhone que permitem fazer isso com bastante facilidade), voc√™ pode instalar uma c√≥pia "clonada" do WhatsApp, ativ√°-la com seu n√ļmero de telefone e acessar sua conta sem que o aplicativo detecte o uso da mesma conta em dois telefones celulares diferentes (opera√ß√£o que, como voc√™ j√° deve saber, normalmente n√£o √© permitido). Para obter mais informa√ß√Ķes sobre esse tipo de ataque e os "movimentos de contra-ataque" que voc√™ pode implementar para combat√™-lo, leia meu tutorial sobre como clonar o WhatsApp.

Farejando sem fio

Como lhe expliquei em meu post sobre como farejar uma rede sem fio, existem aplicativos, mesmo gratuitos, que permitem "capturar" todos os dados que circulam em uma rede sem fio para violar a privacidade de outras pessoas.

O WhatsApp neutraliza efetivamente essa amea√ßa adotando o criptografia ponta a ponta para todas as comunica√ß√Ķes. Com a criptografia de ponta a ponta, as mensagens, chamadas e outros conte√ļdos s√£o criptografados usando um par de chaves (uma p√ļblica, que √© compartilhada com o interlocutor e criptografa as comunica√ß√Ķes de sa√≠da, e uma privada, que reside apenas no smartphone. De cada) usu√°rio e descriptografa as comunica√ß√Ķes de entrada) e viajam de maneira criptografada tamb√©m nos servidores do servi√ßo. Isso significa que apenas os remetentes e destinat√°rios leg√≠timos podem ler seu conte√ļdo, mas √© justo ter algumas pequenas d√ļvidas quanto √† sua implementa√ß√£o.

Um estudo publicado em abril de 2015 mostrou que apenas as mensagens enviadas de e para o Android foram criptografadas usando criptografia de ponta a ponta. Outros sistemas operacionais usaram um sistema baseado no algoritmo RC4, que é notoriamente vulnerável a ataques de farejamento. Agora a situação é diferente, pois todas as plataformas adotam criptografia ponta a ponta, mas há outro problema que não deve ser esquecido. WhatsApp é um software fonte fechada. Isso significa que não podemos analisar totalmente seu código-fonte e não podemos saber se a implementação da criptografia ponta a ponta foi feita corretamente, se o sistema funciona em todas as plataformas ou se, talvez, foi desativado em alguns países sob pressão governos locais.

Em suma, devemos confiar e cruzar os dedos para que n√£o haja "buracos" na implementa√ß√£o dos sistemas de criptografia em quest√£o. A √ļnica coisa que podemos realmente fazer para nos defender contra esse tipo de risco √© evite usar redes Wi-Fi p√ļblicas (que, como se sabe, s√£o o terreno de ca√ßa preferido para "espi√Ķes") ou usam outros aplicativos de mensagens, talvez de c√≥digo aberto, com criptografia ponta a ponta de confiabilidade comprovada.

Adicione um coment√°rio a partir de Como verificar o WhatsApp de outra pessoa
Comentário enviado com sucesso! Nós o revisaremos nas próximas horas.