Close
    Search Search

    Reembolsado sem ter que devolver o produto: na Amazon, uma IA decide

    Reembolsado sem ter que devolver o produto: na Amazon, uma IA decideComentarista (9)

    Quando devolver um produto custa mais dinheiro do que traz, os e-comerciantes começam a adotar uma nova doutrina: oferecê-lo ao consumidor. E para saber quando proceder, os algoritmos estão lá para decidir.




    IStock

    Você acaba de receber um produto encomendado recentemente na Amazon e, ao abrir a caixa com o sorriso da empresa, fica desapontado. O tamanho está errado, a cor não lhe agrada, a qualidade esperada não está lá... Resumindo, você decide devolvê-lo conforme autorizado pelo prazo de retirada previsto pelo Código de Pedido por Correio. De sua conta Amazon, você solicita um reembolso pelo produto e deseja configurar o procedimento de devolução. Exceto que, oh surpresa, o cibercomerciante reembolsa você sem pedir que você devolva a mercadoria a ele, que ele o convida a manter, revender ou doar.



    Este cen√°rio n√£o √© incomum. √Č cada vez mais frequente. Por qu√™ ? Simplesmente porque, √†s vezes, a suposi√ß√£o de custos de devolu√ß√£o e o custo log√≠stico de colocar um produto de volta √† venda s√£o muito caros e n√£o s√£o lucrativos para a empresa. Por mais louco que possa parecer, √© economicamente mais interessante para ela lhe dar o produto em quest√£o.

    Algoritmos para fazer as contas

    √Č a√≠ que entra em jogo um artigo recente do Wall Street Journal, que nos diz que para decidir sobre a viabilidade econ√īmica da devolu√ß√£o de mercadorias, os gigantes do com√©rcio eletr√īnico agora contam com a intelig√™ncia artificial. Assim, um algoritmo decide se um produto reembolsado deve ser devolvido ou n√£o pelo consumidor. Na maioria das vezes, s√£o produtos muito baratos, muito grandes ou muito pesados, que s√£o particularmente caros para transportar. O Wall Street Journal indica que essa nova abordagem est√° se tornando mais popular entre os vendedores online que ainda buscam otimizar seus custos operacionais e que a pandemia de Covid-19, que causou uma explos√£o nos pedidos online, est√° logicamente acelerando a tend√™ncia.

    Amit Sharma, diretor de opera√ß√Ķes da Narvar Inc., confirma. A sua empresa √© especializada na gest√£o de devolu√ß√Ķes de produtos por conta de vendedores online e nunca recebeu tantos pedidos relativos ao estabelecimento de uma pol√≠tica de otimiza√ß√£o de devolu√ß√Ķes, pretendendo deixar determinados produtos com os consumidores mesmo que sejam reembolsados. Nos Estados Unidos, os supermercados Walmart e Target o implementaram. Normalmente, alguns d√≥lares em creme facial ou bateria custam menos do que o frete necess√°rio para recuper√°-los, dizem eles. Claro que as marcas que t√™m pontos de venda f√≠sicos tamb√©m podem incentivar os consumidores a depositarem a√≠ as suas devolu√ß√Ķes, sem no entanto poder obrig√°-los a faz√™-lo caso a compra tenha sido feita online.



    Processos que est√£o se generalizando, com golpes como resultado

    Segundo a Narvar Inc., o n√ļmero de devolu√ß√Ķes de mercadorias no e-commerce explodiu em 2020, registrando um aumento de 70%. Segundo a empresa, parte desse aumento se explica simplesmente pela ascens√£o do com√©rcio online, mas metade desse aumento seria explicado por uma mudan√ßa de atitude dos consumidores que, mais acostumados a gerenciar suas compras online e a log√≠stica de encomendas que v√£o com ele, est√£o cada vez menos relutantes em iniciar os procedimentos de retorno. Somente no per√≠odo de f√©rias de fim de ano nos Estados Unidos, 3 bilh√Ķes de pacotes passaram pelos correios e mais de 70 bilh√Ķes de d√≥lares em mercadorias foram devolvidos desde ent√£o (+73% em um ano).


    Por fim, o Wall Street Journal indica que, para alguns internautas, esse fen√īmeno est√° a caminho de se tornar um verdadeiro esporte, sendo cada vez mais frequentes e em grande escala os golpes organizados para serem reembolsados ‚Äč‚Äčpor produtos indesejados. Pacote n√£o entregue, danificado, produto defeituoso: cada vez mais cibercriminosos procurariam pedir para obter um reembolso, tendo desenvolvido todo tipo de t√©cnicas para enganar as plataformas de vendas. A recusa em assinar uma nota de entrega por medo de ser exposto ao SARS-CoV-2 sendo, por exemplo, uma das t√©cnicas que est√° em ascens√£o h√° v√°rios meses...


    Adicione um coment√°rio do Reembolsado sem ter que devolver o produto: na Amazon, uma IA decide
    Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.